domingo, 19 de julho de 2009

Menos delicado que os gafanhotos.

Bolas – ele disse. – Estou cansado de pintar. Vamos
sair. Estou cheio desse fedor de tinta, estou cansado de ser
grande. Estou cansado de esperar pela morte. Vamos sair.
– Sair pra onde? – ela perguntou.
– Pra qualquer lugar. Comer, beber, ver.
– Jorg – ela disse –, que é que eu vou fazer quando
você morrer?
– Vai comer, dormir, foder, mijar, se vestir, andar por aí
e encher o saco dos outros.
– Eu preciso de segurança.
– Todos nós.
– Quer dizer, não somos casados. Eu não vou poder
nem receber o seu seguro.
– Tá tudo bem, não esquenta com isso. Além do mais,
você não acredita em casamento, Arlene.
Arlene sentava-se na poltrona cor-de-rosa lendo o
jornal da tarde.
– Você diz que cinco mil mulheres querem dormir com
você. Onde é que eu fico?
– Cinco mil e uma.
– Acha que eu não consigo outro homem?
– Não, pra você não tem problema. Pode arranjar outro
homem em três minutos.
– Acha que eu preciso de um grande pintor?
– Não precisa, não. Um bom bombeiro serve.
– É, desde que ele me ame.
– Claro. Ponha o casaco. Vamos sair.
(...)

É só Bukowski, saudade, tédio e Beatles.

terça-feira, 14 de julho de 2009

A herança fashion de Michael Jackson.


É inegável a contribuição que Michael Jackson deu à moda. Toda essa mania de calça skinny, que hoje reina pelo mundo, começou com ele. Ok, Michael usava a calça justa com meia branca e sapato preto, o que não era exatamente um primor de bom gosto. Mas não se pode tirar o mérito do Rei do Pop. O último legado fashion deixado pelo artista foi essa spencer, que se transformou, na mais recente temporada de desfiles, em item tem-que-ter. Ganhou releitura do designer Christophe Decarnain, da Balmain. A jaqueta inspirou as passarelas e foi correndo parar no closet de Victoria Beckham, Paris Hilton, Fergie, Beyoncé, Sienna Miller e Claudia Raia. O modelo oitentista, preto com ombreiras, tem a top brasileira Raquel Zimmermann como garota-propaganda. Parecida com as jaquetas de paquitas, também vestiu os Beatles na capa do disco Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band. Michael ficou encantado com as criações da Balmain e adquiriu algumas peças da grife. Dizia-se que usaria nos shows em Londres. Não deu tempo de conferir.


sábado, 11 de julho de 2009

Florence And The Machine - Lungs (2009)

E pra quem gosta de bandas indies, assim como eu, apresento Florence And The Machine. Conheci através do blog ‘Pop Mata’(http://popmata.blogspot.com/), e me apaixonei por ela. É, er. Florence tem como banda preferida The White Stripes, e até faz covers de Cold War Kids, e Beirut. The Machine é formado por Robert Ackroyd (guitarra), Christopher Lloyd Hayden (bateria), Isabella Summers (teclado) e Tom Monger (harpa). Eles estão incluindos no NME Awards Tour 2009, ao lado de bandas como White Lies, Glasvegas e Friendly Fires. Florence conta com a ajuda de uma variedade de músicos, incluíndo Dev Hynes do Lightspeed Chamion, para criar sua alma indie. Seu primeiro single “Kiss With A Fist” foi lançado pelo selo indie Moshi Moshi. Agora Florence está divulgando “Dog Days are Over”. Assinou com a Island Records, com lançamento de seu primeiro álbum de 2009. E aqui segue o link pra download. (http://sharebee.com/c439b28f) Para quem já conhecia, e teve oportunidade de ouvir seu EP, por exemplo, sabe o que vai encontrar. E para quem não conhece: “está prestes a ouvir as melhores intepretações em voz feminina do ano. Desta vez, sem jogo nem nada, apenas com sinceridade.”











Florence And The Machine - Lungs (2009)

01 - Dog Days Are Over
02 - Rabbit Heart (Raise It Up)
03 - I'm Not Calling You A Liar
04 - Howl
05 - Kiss With A Fist
06 - Girl With One Eye
07 - Drumming Song
08 - Between Two Lungs
09 - Cosmic Love
10 - My Boy Builds Coffins
11 - Hurricane Drunk
12 - Blinding
13 - You've Got The Love

Florence And The Machine - Rabbit Heart (Raise It Up)
video